O esoterismo, o caminho do auto conhecimento !!


  Esoterismo, a ciência da alma!!

 

 

Esoterismo é o nome genérico que designa um conjunto de tradições e interpretações filosóficas das doutrinas e religiões que buscam desvendar seu sentido oculto. O esoterismo é o termo para as doutrinas cujos princípios e conhecimentos não podem ou não devem ser "vulgarizados", sendo comunicados a um restrito número de discípulos escolhidos.

Segundo Blavatsky, criadora da moderna Teosofia, o termo "esotérico" refere-se ao que está "dentro", em oposição ao que está "fora" e que é designado como "exotérico". Designa o significado verdadeiro da doutrina, sua essência, em oposição ao exotérico que é a "vestimenta" da doutrina, sua "decoração". Também segundo Blavatsky, todas as religiões e filosofias concordam em sua essência, diferindo apenas na "vestimenta", pois todas foram inspiradas no que ela chamou de "Religião-Verdade".

Um sentido popular do termo é de afirmação ou conhecimento enigmático e impenetrável. Hoje em dia o termo é mais ligado ao misticismo, ou seja, à busca de supostas verdades e leis últimas que regem todo o universo, porém ligando ao mesmo tempo o natural com o sobrenatural.

Muitas doutrinas espiritualistas são também chamadas esotéricas.

 Fonte: GNU Free Documentation License

 

Esoterismo e Exoterismo - artigo explicando a diferença das duas palavras

O Esoterismo marca a sua origem longínqua no tempo. Pode ser definido como os ensinamentos passados á pequenos grupos, quase que familiarmente, referentes, quase sempre, os poderes natos divinos. 

Para tanto, o homem criou e desenvolveu mecanismos como tais: Astrologia, Búzios, Grafologia, I Ching, Runa, Cartomância, Pêndulos, Cafeomância, Dominância, Teimância, Numerologia, Horóscopo Chinês, Horóscopo Asteca, Horóscopo das Árvores, Oráculo de Ammon, Oráculo de Dadona, Oráculo de Khe Pov, etc. No campo das crenças populares.

Também sem a devida, comprovação científica, o homem busca se religar com Deus através dos grupos religiosos e das filosofias existentes, tentando despertar a sua sensibilidade, sintonizando-se comas suas próprias potencialidades e buscando aflorar a relação mais antiga perdida, ou seja, a relação direta entre a mente, corpo, coração e alma, assim como proceder à cura de seus corpos: físico e sutis.   

Para tal, estamos usando, os quatro princípios fundamentais:

1 - O mundo da matéria e da consciência individualizada;

2 - Os seres humanos e sua capacidade de ouvir a sua voz interior, através da intuição;

3 - O homem e a sua dupla natureza, uma ego e a outra espiritual;

4 - O homem e seu propósito: identificar-se com o Eu superior e conhecer o plano Divino.  

Segundo estes ensinamentos, uns mais e outros menos, trazem consigo em determinado poder para atuar nos mais diversos campos de existências, em áreas desconhecidas para a grande maioria das pessoas.

 

Em tempos remotos as pessoas detentoras de tais poderes chegam a ser consideradas como bruxas, feiticeiras, sendo muitas delas condenadas em virtude da falta de conhecimento sobre o assunto, por parte de seus julgadores.

texto do site mistérios antigos.

Deixe seu comentário referente a este conteúdo.

Nome Completo:
Email:
Comentário:
Você pode digitar até 500 caracteres.