Pontos meridianos, ou micro chacras


 Você pode usar os pontos meridianos para massagear e aliviar tensões ou dores

 

 

Meridiano é um dos nomes pelos quais são conhecidos os "canais de energia" utilizados na acupuntura e outros métodos terapêuticos da medicina tradicional chinesa.

Estes canais, são citados abundantemente na literatura chinesa. Como por exemplo, no "NEI CHING", atribuído a Huang Ti, em mais ou menos 500 a.C.Índice [esconder]
1 As energias
2 Classificação dos meridianos
2.1 Os Meridianos Principais
2.1.1 Ordem e fluxo energético
2.1.2 Horários em que a energia passa por cada um dos 12 meridianos
2.2 Os Meridianos extraordinários
2.3 Meridianos Distintos
2.4 Meridianos Tendino-musculares
3 Pontos dos meridianos
4 Pontos perigosos
5 Bibliografia
6 Ver também
7 Ligações externas


As energias

Segundo esta literatura, existem vários tipos de energias que percorrem o corpo. A energia que recebemos de nossos ancestrais, a energia que adquirimos pelo ar e alimentos, que circula internamente, e a energia protetora, que circula mais externamente.

Os meridianos são os canais por onde estas energias percorrem o corpo. Através de estímulos em determinados pontos do meridiano, pode-se reequilibrar as energias do corpo e de órgãos.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Classificação dos meridianos

Existem várias formas de classificar/agrupar os meridianos, dependendo dos pontos de referências relacionados. Como por exemplo:
meridianos Yin ou Yang (veja também: yin yang);
meridianos principais, também conhecidos por regulares. Existem em pares (bilaterais - um para cada lado direito/esquerdo do corpo). São em número de 12 pares. Eles estão relacionados com órgãos, vísceras ou funções. Existe ainda uma classificação dos elementos chineses para estes meridianos: metal (ar), água, madeira, fogo e terra.
meridianos extraordinários, também conhecidos por vasos maravilhosos, particulares, curiosos ou estranhos. São em número de 8.
meridianos distintos. São em número de 12.
meridianos tendino-musculares. São em número de 12.
Vasos Lo longitudinais e transversais.
Os Meridianos Principais


Os 12 meridianos princípais podem ser melhor visualizados nesta tabela.Meridiano Nome Chinês Sigla Polaridade Total de Pontos
Pulmão Fei  P Yin 11
Intestino Gosso Da Chang  IG Yang 20
Estômago Wei  E Yang 45
Baço/Pâncreas Pi  BP Yin 21
Coração Xin  C Yin 9
Intestino Delgado Xiao Chang  ID Yang 19
Bexiga Pang Guan  B Yang 67
Rins Shen  R Yin 27
Pericárdio Xin Bao  PC Yin 9
Triplo Aquecedor San Jiao  TA Yang 23
Visícula-biliar Dan  VB Yang 44
Figado Gan  F Yin 14


Ordem e fluxo energético

 



As energias percorrem os meridianos por uma ordem específica (como pulmão, intestino grosso, estômago, …).

Também existe um sentido determinado, em relação as divisões do corpo: cabeça, tronco e membros. Na acupuntura o fluxo da energia segue os seguintes sentidos:
do tronco para as mãos,
das mãos para cabeça,
da cabeça para os pés,
dos pés para o tronco (e novamente para as mãos).

Assim, unindo estes dois princípios (a sequência dos meridianos e a ordem nas divisões do corpo), podemos deduzir a seguinte disposição geral dos meridianos:


|Pulmão (P) ||tronco ||mãos |- |Intestino Grosso (IG) ||mãos ||cabeça |- |Estômago (E) ||cabeça || pés |- |Baço (BA) ||pés || tronco |- |Coração (C) ||tronco || mãos |- |Intestino Delgado (ID) ||mãos || cabeça |- |Bexiga (B) ||cabeça || pés |- |Rins (R) ||pés|| tronco |- |Pericárdio (PC) ||tronco || mãos |- |Triplo Aquecedor (TA) ||mãos|| cabeça |- |Vesícula-biliar (VB) ||cabeça || pés |- |Figado (F) ||pés || tronco |- |}

Esta visão geral, permite-nos verificar que existe uma relação natural (seqüência) entre o fluxo da energia que passa pelos meridianos. Assim um bloqueio da energia no meridiano do Pulmão pode diminuir a energia do meridiano subseqüente ou seja o meridiano do Intestino Grosso.

Existem muitas outras relações entre os meridianos. Estas relações formam os princípios e técnicas de tratamento utilizados na acupuntura, do-in, shiatsu e outras forma de tratamento baseadas nos meridianos.

Basicamente, todas as técnicas e princípios visam o reequilíbrio das energias dos meridianos e do corpo como um todo.

 

Horários em que a energia passa por cada um dos 12 meridianos

+---------+----+--------------------+
| Horários| | Meridianos |
+---------+----+--------------------+
| 23-01h | Vb | Vesícula Biliar |
+---------+----+--------------------+
| 01-03h | F | Fígado |
+---------+----+--------------------+
| 03-05h | P | Pulmão |
+---------+----+--------------------+
| 05-07h | iG | Intestino Grosso |
+---------+----+--------------------+
| 07-09h | E | Estômago |
+---------+----+--------------------+
| 09-11h | BP | Baço-Pâncreas |
+---------+----+--------------------+
| 11-13h | C | Coração |
+---------+----+--------------------+
| 13-15h | iD | Intestino Delgado |
+---------+----+--------------------+
| 15-17h | B | Bexiga |
+---------+----+--------------------+
| 17-19h | R | Rins |
+---------+----+--------------------+
| 19-21h | Pc | Pericárdio |
+---------+----+--------------------+
| 21-23h | TA | Triplo Aquecedor |
+---------+----+--------------------+

Os Meridianos extraordinários

Os 8 meridianos extraordinários ou vasos maravilhosos.Nome Sigla Polaridade
Sistema Nervoso/Vaso governador Du Mai (Tou Mo) SN ou VG Yang
Vaso da Concepção Ren Mai (Jenn Mo) VC Yin
Chong Mai (Chong Mo) - Yin
Dai Mai (Tae Mo) - Yang
Yin Qiao Mai (Yin Keo Mo) - Yin
Yang Qiao Mai (Yang Keo Mo) - Yang
Yin Wei Mai (Yin Oe Mo) - Yin
Yang Wei Mai (Yang Oe Mo) - Yang

Meridianos Distintos

Dos meridianos distintos seis são oriundos dos 12 meridianos principais (com exceção ao VC e o VG) e conduzem a energia destes para o interior do corpo

Meridianos Tendino-musculares

Os meridianos tendino-musculares são relacionados aos 12 meridianos principais, mas se localizam externamente. Neles circulam as energias defensivas protetoras…

Pontos dos meridianos
Cada meridiano tem vários pontos definidos, por onde se pode atuar para interferir na energia que o percorre. As formas mais comuns de atuação são: a agulha (geralmente de metal, embora haja relatos sobre agulhas de pedra na história antiga da acupuntura chinesa), a moxa (ou pequeno "incenso" colocado sobre a pele), ou ainda a pressão dos dedos.

Cada ponto tem uma característica determinada para atuar na energia do meridiano. Existem, por exemplo, pontos para tonificação (aumentar o fluxo de energia no meridiano), pontos de sedação (diminuir o fluxo de energia no meridiano), pontos de alarme (pontos doloridos que avisam sobre alterações importantes nas energias do meridianos), pontos de origem, pontos de união e outros.

Pontos perigosos

De acordo com Chen, 1997, muitos livros textos clássicos de acupuntura descreveram contra-indicações anatômicas quando usados certos pontos de Acupuntura. O Huang Di (Huangdi) Nei Jing (Livro do Imperador Amarelo) estabeleceu que o "cuidado deve ser tomado com a manipulação da agulha sobre importantes órgãos internos frágeis"; "penetração da agulha sobre a região torácica (musculo peitoral) pode perfurar o pulmão causando pneumotórax com tosse e dificuldade de respiração; "penetração da agulha em direção à bexiga do abdômen inferior pode perfurar a bexiga causando drenagem de urina ao abdômen inferior"; "penetração de agulha ao forame supra orbitário pode perfurar os vasos supra orbitários induzindo o sagramento maciço e causando cegeira"; penetração da agulha para o crânio pode perfurar o cérebro, induzindo lesão cerebral ou sangramento maciço que pode levar a morte imediata".

Esse mesmo autor seleciona 15 pontos entre os mais comumente usados como perigosos, a saber: B1 (Bexiga /Jing Ming); B15 (HsinShu); B51 (HuangMen);E1 (Estômago / ChengQi); E2 (Sibai); E9 (JenYing); E12 (Que Pen); E18 (JuKen); VB21 (Vesícula Biliar / ChienChing); VB20 (FengChih); VB24 (JihYueh); VC22 (Vaso da Concepção / TienTu); VG16 (Vaso Governador/ Feng Fu) além dos pontos extras da cabeça e pescoço em especial o Jing Bi

 

Bibliografia, Fonte

Chen, Eachou. Anatomia topográfica dos póntos de acupuntura. SP, Roca, 1997

Livro dos 4 Institutos – Escola de Medicina Tradicional Chinesa de Beijing; Escola de Medicina Tradicional Chinesa de Shanghai; Escola de Medicina Tradicional Chinesa de Nanjig; Academia de Medicina Tradicional Chinesa. Fundamentos essenciais da acupuntura chinesa. SP, Ed. Ícone, 1995

Deixe seu comentário referente a este conteúdo.

Nome Completo:
Email:
Comentário:
Você pode digitar até 500 caracteres.